PROGRAMAÇÃO CINEBITACA 2021
MOSTRA DE CURTAS INDEPENDENTES FILMES DE QUARENTENA

Devido ao atual agravamento da situação da pandemia do COVID-19, realizaremos a mostra em versão online. A transmissão será feita no nosso canal do YouTube

CARROCEL_INSTA_CineBitaca_SESSÃO01.jpg
1_MORDE ASSOPRA_Brota Cria.png

Morede & Assopra

Ficha técnica:
Direção: Stanley Albano Roteiro: Stanley Albano 
Produção: @brota.cria 
Fotografia: Raul Lansky 
Montagem: Raul Lansky 
Arte e figurino: @brota.cria 

Sinopse: Depois de meses isolada, fui contemplada num programa de redução de danos da burguesia: um final de semana num casarão que meu avô já trabalhou! Anos e anos só cortando dobrado... a bicha preta agora quer virar artista de cinema. Será que eu estraguei seu filme? 

 

2_CARTAZ_MEMORIAS_DR - Nepomuceno Filmes_Print.jpg

MEMÓRIAS DE RESISTÊNCIA (14’)

Ficha técnica:
Direção e Montagem: Felipe Nepomuceno. 
Produção: Tereza Alvarez. 
Argumento e Fotografia: Ondjaki. 
Fotografia Adicional: Felipe Nepomuceno. 
Trilha Sonora Original: Jazmín Solar. 
Engenheiro de Som: Alan Saucedo. 

Sinopse: Dois amigos separados por um oceano trocam cartas ao som de um piano na Cidade do México. 

3_desabafo_ capa - FILTRO FILME_Print.jpg

DESABAFO (3’48’’)

Ficha técnica:
Dirigido, editado, sonorizado e interpretado por Karen Suzane

Sinopse: Imersa ao seu passado de 2016 a cineasta Karen Suzane motiva uma reflexão pessoal que resulta em sua transformação em meio a pandemia do coronavírus. 

4_pulmoes de casa 5_ - Sarah Çara.jpg

PULMÕES DA CASA (1’47’’)

Ficha Técnica: 
Direção e Idealização: Sarah Queiroz

Sinopse: Ficar confinado nos obriga a lidar e dialogar com nosso espaço de maneira diferente. 

5_ESPECTRA - Pedro Gibram.jpeg

ESPECTRA 1 (3’19’’) 

Ficha técnica:
Idealização e Criação: Carolina Correa e Thembi Rosa 
Imagens e Edição: Pedro Gibran 
Trilha Sonora: O GRIVO

Sinopse: Projeção de encontros, de encontros possíveis. Onde está o corpo que encosta, dança, esbarra, embaraça, ampara, acolhe, aquece. Onde está o sentir do outro? Onde está o sentir? 

7_tarda_breath - Sara Não Tem Nome.png

BREATH (3’20’’) 

Ficha Técnica: 
Direção, montagem, roteiro, produção: Julia Baumfeld, Paola Rodrigues, Randolpho Lamonier, Sara Não Tem Nome, Victor Galvão 
Trilha sonora: Tarda

Sinopse: Breath é sobre respirar e resistir. Um momento de reflexão, pausa e meditação em meio a instabilidade. Em diferentes cidades e países: Sara e Júlia em Belo Horizonte, Paola e Victor em São Paulo e Randolpho em Paris, os artistas registram seus cotidianos e paisagens. Entre aproximações e distâncias, cada um expressa suas vivências durante o isolamento gerado pela pandemia de coronavírus. 

6_silencio_maria leite_ still01 - maria

SILÊNCIO (3’48’’) 

Ficha técnica: 
Realização - Maria Leite

Sinopse: Durante a quarentena, Maria tenta fazer uso de suas habilidades como contrarregra dentro de sua própria casa. Contudo, ela enfrenta o desafio de trabalhar em meio aos barulhos das obras na vizinhança. 

8_Still_ALL ONE_1 - Jackson Abacatu_Toto

TODOS, UM (47’’) 

Ficha Técnica: 
Direção, produção, animação: Daniel Rabanea e Jackson Abacatu
Som: Jackson Abacatu

Sinopse: Apesar de todo o poder do vírus, o gênero humano mostra sua maior e íntima potência, pois a força do ser humano é a humanidade e a força da humanidade é cada ser humano.

CARROCEL_INSTA_CineBitaca_SESSÃO02.jpg
EU TO MORRENDO - Milca Alves.jpg

EU TÔ MORRENDO (8’50’’) 

Ficha técnica:
Direção/História/Atuação: Milca Alves 
Roteiro/Imagens e montagem: Lucas Alex 
Participação especial: Mariana Castro, Cassandra (cadela) 
Trilha sonora: Canção de apartamento - Izza e a Kombi Azul

Sinopse: Durante a pandemia da Covid-19, uma mulher vivendo em isolamento social pensa sobre a brevidade da vida e as limitações das relações virtuais, enquanto lida com a ansiedade, os sons incômodos feitos pelo vizinho, e as baratas que invadem sua casa.
 

RachaLagoa-Título - dévora mc.jpg

SAPATÃO: UMA RACHA/DURA NO SISTEMA (12’) 

Ficha Técnica: 
Texto e atuação: Leticia Angelo (@anjodepedra) 
Direção e filmagem: Dévora mc (@dehvoradora) 
Edição e montagem: Mel Jhorge (@emejhorge) 
Tradução inglês: Georgia Barbosa (@georgia_barbosas) e Tiffany Mayville 
Tradução espanhol: Julieta Boedo (@julietaboedo) 
Realização: Fanchecléticas (@fanchecleticas)  

Sinopse: Por que estamos tão cansades? Uma entregadora por aplicativo responde em sua última postagem: um desabafo e uma despedida. Um corpo vivo, uma sociedade em colapso. Uma corpa que tenciona a cidade, rompe com padrões e cria racha/duras. Sapatão, guarde este dia com carinho! 

01_DOIS_still_divulgacao.png

DOIS (10’) 
FICHA TÉCNICA: 
Uma produção Almanaque Apresentando: Bernardo Rocha e Luix Gabriel 
Direção e roteiro: Guilherme Jardim e Vinícius Fockiss 
Produção executiva: Guilherme Jardim e Samuel Fávero
Produção: Guilherme Jardim e Vinícius Fockiss 
Fotografia: Bernardo Rocha e Luix Gabriel 
Fotografia adicional: VIVA JK 
Som direto: Bernardo Rocha e Luix Gabriel 
Montagem: Guilherme Jardim e Vinícius Fockiss 
Desenho de som: Guilherme Jardim, Isabela Renault e Yara Tôrres 
Edição e mixagem de som: Isabela Renault e Yara Tôrres 
Edição, cor e finalização: Guilherme Jardim 
Projeto gráfico: Raquel Meireles e Vitor Alexandre (Quiçá Studio) 
Música: “Atemporais” de Sthefanny Lorrane (Sthelô) 
Tradução e legendagem: Matheus Pereira (Rosa de Areia) 
Distribuição: Piranha Filmes, Guilherme Jardim e Vinícius Fockiss 

Sinopse: Não sei. Acho que foi obra do destino. 

ALO QUEM FALA - Luciano Correia.png

ALÔ, QUEM FALA? (9’15’’) 
Ficha Técnica: 
Elenco: Renan Távora Soares como "Renan", Letícia Blandina como "Voz Misteriosa" 
Direção: Luciano Correia 
Roteiro: Luciano Correia, Renan Távora Soares 
Produção: Luciano Correia, Renan Távora Soares 1º 
Assistente de Produção: Isabella Dehon 
Direção de Fotografia: Renan Távora Soares 
Câmera: Luciano Correia, Renan Távora Soares 
Som Direto: Luciano Correia, Renan Távora Soares 
Montagem: Luciano Correia Colorização: Renan Távora Soares  

Sinopse: Um atendente de telemarketing trabalha de home office durante um isolamento social devido a uma pandemia. Durante seu trabalho começa a ouvir barulhos estranhos. 

Still 3 plano geral 8 - luiz malta.png

PLANO GERAL 8 (1’44’’) 

Ficha Técnica: 
Luiz Malta - Diretor - Editor - Roteiro  

Sinopse: O som das ruas ressoa naqueles que desaparecem lentamente. 

Sisyphus  - Bernardo Silvino.jpg

SISYPHUS (1’) 
Ficha Técnica:
Roteiro, Direção, Fotografia, Montagem e Finalização: Bernardo Silvino 
Som: Thácio Palanca 

Sinopse: Sísifo, por enganar a morte, foi punido por toda a eternidade. Forçado a rolar uma pedra colina acima, cada vez que ele se aproxima do topo da colina, a pedra rola para baixo. Soa familiar?

CARROCEL_INSTA_CineBitaca_SESSÃO03.jpg
VOU ALI NO MERCADO E JA VOTO-  Mariana S

VOU ALI NO MERCADO E JÁ VOLTO (4’54’’) 

Ficha Técnica:
Direção e filmagem: Fernanda Junqueira 
Atuação e edição: Mariana Scarpelli

Sinopse: Após decidir começar a fazer registros dos dias (pouco) comuns da quarentena, uma jovem decide lutar contra as adversidades para conseguir ir ao mercado, pois toda a sua comida acabou. A cena nos coloca em contato com momentos um tanto quanto peculiares proporcionados pelo isolamento social e com os diversos sentimentos que podem surgir em decorrência desses momentos. 

CORPO 001.01_15_26_16.Still033 - Brisa M

O CORPO QUE HABITO (10’14’’) 

Ficha Técnica:
Direção, performance e texto: Brisa Marques
Direção cênica: Carolina Corrêa
Fotografia e montagem: : Leandro Miranda
Música: "Dream" John Cage - versão Leandro César
Áudio: Marcos Frederico

Sinopse: “O corpo que habito” é uma performance documentada em forma de vídeo-poema que traz como protagonista a atriz, poeta e compositora Brisa Marques. Habitante de um corpo chamado “deficiente”, a performer é o espelho perfeito de nossa imperfeição. Um filme curto, denso e filosófico, realizado em 2020, durante a pandemia, que traz à tona questões relacionadas às profundezas da existência humana.

capa - Jean de Jesus.jpg

AM PM (8’40’’) 

Ficha Técnica:
Jean de Jesus - Produção geral  

Sinopse: Um artista em ascensão teve seus planos profissionais frustrados durante a quarentena. Com agenda de gravação de filmes e trabalhos interrompida, ele decide registrar, em vídeo, sua própria rotina na pandemia: em casa, sem trabalho, com aulas on-line e distante da família e dos amigos. 

foto1  999 - Carolina Correa.jpg

999 (8’) 

Ficha Técnica:
Idealização, Atuação e Direção: Carolina Correa 
Trilha: Carolina Correa 
Imagens e Edição: Leandro Miranda

Sinopse: Uma casa, o silêncio, a espera e um habitante que conta os dias sem saber quantos são. Não há distância, ele está aqui, você pode sentir? ? O que vivemos agora? O senhor vê? 

CONCENTRAÇÃO.png
6_Z CRONICAS - David Martins.png

CONCENTRAÇÃO (6’04’’) 

Ficha Técnica:
Roteiro, narração, atuação, filmagem, montagem e edição: Jhê
Música: Boa praça (Cezar Altai)
Intérpretes: Coletivo Chama e Kristoff Silva
Sinopse: “Concentração” capta o involuntário exílio de uma mulher em sua casa. Nesse espaço ela reflete sobre o sentido de seu trabalho (a “arte”) em tempos de “economia de guerra”, atualizando mais uma vez o verso do poeta alemão Hölderlin “Para que poetas em tempos de crise?”.
Percebe-se no curta-metragem a fricção entre anseios subjetivos por liberdade e plena consciência da gravidade política, e é no descompasso entre esses polos que se origina o discurso da personagem, sugerindo que já não habitamos um país, mas um lugar ausente.
Melancolia, animalização, nota de 200 reais e sexualidade burlesca.
Samba, enterro e flores de plástico.
A mulher nua, um cachorro dançando funk e a voz do presidente da república de trás pra frente.
Em “Concentração” não há espaço para abordagens realistas do cotidiano: tudo é convertido em signo poético.

Z: CRÔNICAS DE UM COTIDIANO (4’47’’) 

Ficha Técnica:
Roteiro, Direção, Montagem e Edição: DAVID MARTINS 
Roteiro, Arte, Maquiagem, Figurino e Atuação: LEONARDO LORENZI

Sinopse: Em “Z: Crônicas de um Cotidiano Insólito” somos apresentados a Z e seu universo colorido. Fechada em casa durante a quarentena, ela se vê presa numa rotina com a qual não estava acostumada, tendo como companhia apenas seus amigos não viventes e sua aura rosa, ela acaba aprendendo a como abordar de forma divertida coisas do seu cotidiano. Acompanhe a rotina de Z em crônicas de um cotidiano insólito, e seja mais rosa a cada dia.

CARROCEL_INSTA_CineBitaca_SESSÃO04_Corrigida.jpg
1_disneyloka_ Erick Ricco_print.jpg
2_Nao Subestime - Lipe Veloso.jpg

DISNEYLOKA 2093 (4’46’’) 

Ficha Técnica:
Realização: Erick Ricco Sound 
Design: Igor Almeida

Sinopse: Trechos de um diário enviado do futuro.
 

NÃO SUBESTIME (11’35’’) 
Ficha Técnica:
Direção - Lipe Veloso 
Elenco: Lipe Veloso, Igor Viriato, Luca Matteo, Luisa Leão, Larissa Monteiro, Otavio Augusto, Renzo Magno, Shuellen Miranda 
Edição de vídeo - Lipe Veloso 
Música - Por Sua Causa - Jackson Antunes 
Roteiro - Lipe Veloso 
Produção - Otavio Augusto, Patricia Veloso, Elisabete Veloso

Sinopse: Em uma quarentena tediosa um jovem rapaz decide subestimar os poderes do Youtuber Azazel, cujo nome pertence a um anjo demoníaco. Várias situações sobrenaturais irão assombrar a sua vida. 

3_Aqui nem eu.jpg
4_Ator a Granel.jpg

AQUI NEM EU (6’) 

Ficha Técnica:
Direção: Gustavo Aguiar, Gustavo Koncht, Maria Flor de Maio, Raiana Viana 
Produção: Gustavo Aguiar, Gustavo Koncht, Maria Flor de Maio, Raiana Viana 
Direção de Fotografia: Gustavo Koncht
Direção de Arte: Maria Flor de Maio 
Figurino: Caio Scovino

Sinopse: Em meio à pandemia de Covid-19, Laura se recusa a atender o telefone. O que ela tenta esconder? 

ATOR A GRANEL (15’) 

Ficha Técnica:
Roteiro e Direção: Fabiano Persi 
Elenco: Fabiano Persi 
Produção: Fabiano Persi e Aline Louise 
Assistente de Direção: Aline Louise 
Diretores de Fotografia: Fabiano Persi e Tulio Bahiano 
Câmeras: Tulio Bahiano, Walfried Weissmann e Bruno Santos 
Montagem/Edição/Finalização: Hugo Soares 
Trilha e Design de Som: Barulhista 
Assistente de Fotografia: Fabiano Persi e Aline Louise 
Som Direto: Rodrigo Aquino 
Direção de Arte: Fabiano Persi e Tulio Bahiano 
Figurino: Fabiano Persi 
Poema: Luciane Couto

Sinopse: Em um contexto de pandemia, ruas vazias e olhares que apenas espreitam, um ator busca reconhecimento através da sua arte, anunciando e apresentando performances, de forma itinerante, abordo de sua Kombi. Solitário, ele se empenha numa busca incessante pelo encontro com seu público, ainda mais distanciado. Em sua jornada, nos leva a uma reflexão sobre o ofício do ator, o papel da arte e qual valor damos a ela em nossa sociedade. 

TELARANA1 - Carolina Correa.jpg

TELARAÑA (2’) 

Ficha Técnica:
IDEALIZAÇÃO E IMAGENS: CAROLINA CORREA 
MONTAGEM: LEANDRO MIRANDA 
TRILHA ORIGINAL: O GRIVO 

Sinopse: Uma atriz brasileira vivendo na Espanha consegue voltar para o Brasil antes que fechassem as fronteiras no início da pandemia. Dias e dias filmando seu refúgio tendo como companhia apenas aranhas e a solidão. Um encontro virtual com um diretor e um músico transformaram essas imagens em um vídeo autobiográfico de sua realidade atual. 

6_RETRATOS_DE_UMA_JOVEM_EM_QUARENTENA - Iago de Medeiros.jpg

RETRATOS DE UMA JOVEM EM QUARENTENA (2’12’’) 

Ficha Técnica:
Roteiro | Direção | Produção | Direção de Fotografia | Edição | Cor | Direção de Arte | Figurino | Cenografia: Iago de Medeiros 
Atriz: Carolinna Coutinho
Maquiagem: Carolinna Coutinho 
Trilha Sonora | Mixagem de Som: Pedro Baapz 
Agradecimentos: Bruna Schelb, Caio Deziderio, Elizabeth Christino, Lindalva Ribeiro, Luana Souza, Monique Oliveira e Yammaris Oliveira.

Sinopse: Pêque é uma jovem de classe média. Seus solitários dias de confinamento estão fazendo com que ela passe a olhar seu apartamento por uma outra perspectiva.